Educanvisa 2019 é apresentado aos profissionais da educação de Santa Luzia

[ad_1]

A Prefeitura de Santa Luzia, por meio da Secretaria de Saúde em parceria com a Secretaria de Educação lançou na manhã desta quinta-feira (28), no auditório da Educação, o projeto Educanvisa 2019. A iniciativa visa contribuir para a formação integral dos estudantes, por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, cuja idéia central é prevenir os riscos e os danos associados ao uso inadequado de produtos sujeitos ao controle sanitário em localidades de vulnerabilidade social. Este ano, doze escolas municipais serão beneficiadas com as ações do programa.

Participaram do lançamento do Projeto, profissionais das Escolas Municipais de Santa Luzia, representantes da Secretaria de Educação e representantes da Vigilância Sanitária do Município. A diretoria de Vigilância Sanitária irá promover uma capacitação adequada aos profissionais envolvidos com o programa Educanvisa 2019.

Para a diretora do departamento de Vigilância Sanitária da Prefeitura, Walderez Drumond é muito gratificante ter a oportunidade de lançar o Educanvisa 2019. “Essa parceria é muito importante, nós vamos melhorar a qualidade de vida de todos, pois o programa vai alcançar os profissionais da educação, crianças e adolescentes, que terão a oportunidade de conhecer práticas de conscientização sobre alimentação saudável, uso de medicamentos, uso de agrotóxicos, dentre outros. Cada ano eu fico mais satisfeita em poder ver os resultados positivos que alcançamos em todas as escolas que desenvolvemos o projeto”, explica Walderez.

Presente no lançamento do Projeto, o Secretário Municipal de Educação, Ermelindo Martins Caetano disse que a iniciativa é de grande importância para os alunos. “Este é um programa da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e ressalta sua importância, a partir do momento em que se trabalham ações preventivas de saúde dentro das escolas. A partir destas práticas, as crianças vão levar isso para suas casas, para seu ciclo de amizades, proporcionando uma melhor qualidade de vida para nossos estudantes”, pondera o secretário.


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia