Feira Agroecológia começou neste sábado

[ad_1]

Nem mesmo a chuva dessa manhã de sábado (1º), desanimou produtores rurais e consumidores luzienses no primeiro dia da Feira Agroecológica de Santa Luzia, realizada na Praça da Estaçãozinha, no bairro São João Batista.

A feira acontece por meio de uma parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento; a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG) e produtores rurais da cidade. São diversos produtos, entre hortaliças, legumes e verduras, queijos, doces, geleias, licores, frutas, ovos caipira, entre outros, todos livre de agrotóxicos. 

O casal Kátia de Paula e Kleiber Willian esteve na feira e aproveitou para levar alguns produtos para casa. “Não temos muitas opções de produtos sem agrotóxicos na cidade. Agora, sabendo que tem a feira em um local centralizado é bem mais fácil”, disse Kleiber. “Vamos voltar sempre, ainda mais sabendo que na feira tem produtos, que fazem tão bem para a saúde”, completou Kátia.

Segundo o técnico da Emater, Luciano Marques Costa, a seleção dos produtores aconteceu durante as visitas técnicas, ao perceber o interesse deles em produzirem produtos livres de agrotóxicos. “Nós fizemos um trabalho com os agricultores de mobilização e até mesmo conscientização sobre como é importante produzir um alimento saudável, sem o uso de produtos químicos. Os produtores abraçaram essa ideia e fizemos um projeto em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente. Conseguimos um kit de feira, composto por dez barracas, 40 caixas plásticas para transporte dos produtos e os jalecos que identificam os produtores”, disse. “Hoje é um momento muito especial, mesmo com toda essa chuva, que veio nos abençoar, os produtores não desanimaram e temos um número expressivo de clientes, que estão levando para casa produtos saudáveis, sem agrotóxicos e com um preço justo, já que estão comprando direto com o produtor”, completou Costa.

O Presidente do Sindicato de Produtores Rurais da cidade, João Dias, comemorou a inauguração da feira. “Já estávamos um pouco atrasados nesse quesito, mas graças à Deus agora conseguimos implementar a feira, com a ajuda da Emater e da Secretaria de Meio Ambiente. Isso é muito bom tanto para a cidade, quanto para nós produtores, que podemos expor nossos produtos sem o atravessador. Pelo que estou vendo aqui hoje, a feira vai dar certo. Muitas pessoas vieram comprar e estão satisfeitas. O valor disso é muito grande, tanto para a população, quanto para os produtores da cidade”, enfatizou.

A produtora rural, Lilian Rocha concorda. “É uma oportunidade muito boa, tanto para quem produz, como para quem vem comprar esses alimentos sem produtos químicos, caseiros, que sabemos qual é a procedência. Isso é muito importante e estamos muito felizes com a iniciativa e com o apoio da Prefeitura e da Emater. A intenção é que se prolongue por muitos anos e a gente consiga atrair os clientes para comprarem e conhecerem o nosso trabalho”, disse.

A Feira Agroecológica acontece todos os sábados, de 8h às 14h, na Praça da Estaçãozinha, em frente ao Banco Itaú.


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia