Mais um Beco na Avenida Brasília é revitalizado pelo projeto “Nossos Becos, nossas histórias”

[ad_1]

Beco Itapioca ganhou pintura interativa que faz homenagem ao movimento Hip Hop e Black Soul. Este é o segundo Beco revitalizado pela Prefeitura. Beco das Flores onde foi instalada a calçada da fama teve os trabalhos concluídos recentemente

“A música, a dança e a arte transformam, libertam e vencem o preconceito”. Essa frase estampa as paredes decoradas após a conclusão do processo de revitalização do Beco Itapioca, que liga a Rua Geraldo Teixeira da Costa à Avenida Brasília, no bairro São Benedito. Os trabalhos foram concluídos nesta quinta-feira (17) pelo grafiteiro Rodrigo Alves, morador da cidade. A temática escolhida para a pintura interativa é uma homenagem da secretaria municipal de Cultura e Turismo ao movimento Black Soul, que no passado utilizava o espaço para ensaios musicais.

Quem passar por ali poderá conferir as paredes pintadas com imagens que refletem a cultura do Soul, como por exemplo, desenhos que fazem referência à origem Afro, ao movimento Hip Hop, aos dançarinos do estilo e ao movimento Soul. Para o grafiteiro Rodrigo Alves, responsável pelas intervenções, os trabalhos realizados tem como proposta resgatar a história do povo luziense, por meio da cultura e arte. “A importância deste projeto é valorizar a arte e poder homenagear todos os artistas de Santa Luzia, principalmente os da cultura Black. Este projeto veio para abraçar os talentos de nossa cidade por meio da revitalização dos Becos”, contou.

E para comemorar em grande estilo a finalização dos trabalhos de revitalização, os artistas independentes do Soul, Wanderley Campos e Mônica Andrea de Oliveira presentearam as pessoas que passaram pelo local com uma bela apresentação de Soul; caracterizados com roupas que fazem parte do figurino do estilo dos anos 70 e 80. “Eu sempre gostei muito de dança. Estamos vestidos com roupas que refletem o Black Soul que teve seu auge nos anos 70 e 80. Fico muito feliz em poder mostrar nossa cultura para as pessoas”, explicou Wanderley.

“Cada Beco que conseguimos revitalizar nos traz um sentimento de pertencimento. Era neste local que o movimento Black Soul fazia seus ensaios, por isso pensamos em uma decoração que refletisse a história deles. Ainda temos mais 12 Becos em Santa Luzia que serão revitalizados por meio deste projeto. Em breve abriremos outro edital para que todos os becos de Santa Luzia sejam contemplados com pinturas interativas”, informou a secretária de Cultura e Turismo de Santa Luzia, Joana Coelho. Também estiveram presentes, o prefeito Delegado Christiano Xavier, o vice-prefeito, Pastor Sérgio e gestores da Cultura.


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia