Município de Santa Luzia participa da 8ª Jornada do Patrimônio Cultural

[ad_1]

O tema de 2021 da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Santa Luzia foram os grupos de congado da cidade

Uma tradição cultural e religiosa que mantém viva a ancestralidade do povo afro-brasileiro. Os grupos de congado luzienses foram a temática escolhida pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo para participação na 8ª Jornada do Patrimônio Cultural, promovida pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG) que, neste ano, propõe ações educativas e difusoras do patrimônio cultural que promovam reflexões sobre a trajetória das políticas públicas do patrimônio cultural.

A primeira visita técnica aconteceu na tarde desta terça-feira (21), na sede da Guarda de Moçambique de Nossa Senhora da Guia, no bairro Asteca. Durante o encontro, as profissionais do setor de Patrimônio Cultural da Secult Santa Luzia conversaram com os fundadores da guarda para compreender um pouco mais sobre sua trajetória, tradições e vivências. “Nós escolhemos esse tema porque percebemos essa lacuna de contato do poder público com os grupos de congado da cidade”, disse a arqueóloga Giuliana Castiglioni.

A histórica Guarda de Moçambique

Fundada há 52 anos, a guarda participa de festividades em todo território brasileiro, tendo participado, inclusive, da festa de 50 anos de Brasília. “Fazemos tudo pela fé e devoção e levamos o nome da cidade em todos os lugares em que apresentamos”, contou Eva Aparecida.

Outras visitas técnicas ainda serão feitas nesta quarta (23) e sexta (24) na sede da Guarda do Divino Espírito Santo e na Guarda de Nossa Senhora do Rosário, ambas localizadas em Pinhões. Ao final da jornada, o material recolhido nas entrevistas será compilado pela secretaria para registro e ações futuras.

Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais

A iniciativa é realizada desde 2009 inspirada pela Journées du Patrimoine, da França. Os municípios que tiverem sua adesão à Jornada homologada e que comprovarem a realização das ações conforme a Deliberação Normativa do Conep terão direito à pontuação no programa ICMS Patrimônio Cultural.


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia