Prefeitura de Santa Luzia entra na justiça para poder ter abertura do comércio escalonado no município

[ad_1]

Medidas de proteção devem ser redobradas neste momento e cada um deve fazer sua parte para conter a disseminação do vírus

A Prefeitura de Santa Luzia impetrou na quarta-feira (7), no Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG um mandado de segurança, solicitando autonomia do município para abertura escalonada do comércio na cidade. Para isso, a administração municipal tem desenvolvido diversas ações no combate à doença, entre elas: a ampliação dos leitos de UTI e Enfermaria do Hospital São João de Deus, antecipação da campanha de vacina contra a covid-19, construção de um hospital de campanha e aumento da capacidade de oxigênio da rede hospitalar, com mudança de um tanque com capacidade para 1,1 milhões de litros de oxigênio para outro que comporta 2 milhões de litros. Com a mudança será possível desafogar a alta taxa de internação nas unidades de saúde do município e ampliar o atendimento à covid-19 para os moradores de Santa Luzia.

“Sabemos que a manutenção do comércio fechado por mais tempo vai levar a uma severa crise econômica e desemprego. Santa Luzia abriu mais leitos, garantimos o oxigênio, criamos retaguarda e estamos trabalhando na abertura de um hospital de campanha para essa semana ou próxima, e, com todo respeito a opiniões divergentes, o comércio não é o grande vilão do aumento das taxas de transmissão”, explicou o prefeito delegado Christiano Xavier.

Caso a justiça conceda essa liminar em favor do município, a abertura do comércio na cidade será feita de forma alternada, com toda cautela e respeitando as normas sanitárias impostas pelas autoridades de saúde, e neste momento, é necessária a colaboração de todos. É importante salientar que a taxa de ocupação de leitos está na capacidade máxima, mas a taxa de transmissão reduziu. Eventos, festas e resenhas não são permitidos e quem puder fique em casa porque é preciso reduzir os índices de contágio da doença, e isso depende de cada um de nós.

A Prefeitura reforça que é necessário que a população continue seguindo todas as recomendações sanitárias de enfrentamento à covid, bem como manter o uso constante de máscaras de proteção da maneira correta, fazer assepsia das mãos com álcool em gel 70% ou água e sabão, manter o distanciamento social e seguir todas recomendações dos decretos municipais em vigor, evitando aglomerações. Se puder fique em casa.


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia