Portal Santa Luzia Net - Pagina Inicial


Receba Nossas Noticias diretamente no seu email

Prefeitura de Santa Luzia viabiliza repasse financeiro para Instituições filantrópicas e assistenciais para a criança e adolescentes


Foram publicados, na manhã desta sexta-feira (5), os Termos de Colaboração números 17 a 25, que tratam sobre o repasse dos recursos do Fundo dos Direitos à Infância e Adolescência (FIA). Os recursos são captados do Imposto de Renda e destinados a projetos e instituições filantrópicas e assistenciais do município. Os termos foram assinados pelo Prefeito Delegado Christiano Xavier nesta quinta-feira (4).
Foram beneficiadas nove instituições, com mais de R$ 500 mil. A Associação de Proteção Humana Divina Providência, recebe o valor de R$ 215.917,52; a Associação de Resgate da Dignidade Humana Providência Divina, o valor de R$ 143.945,02; o Coral Mater Ecclesiae, terá R$ 27.856,80; a Casa de Caridade Espírita Nosso Lar, recebe o valor de R$ 1.908,00; o Instituto Infantil Seara de Luz, o valor de R$ 74.312,57; a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), o valor de R$ 13.050,00; a Associação de Proteção a Infância e Assistência de Santa Luzia recebe o valor de 17.379,00; a Creche Irmã Fabíola, o valor de R$ 17.776,42 e a Creche Comunitária Senhora da Paz, com o valor de R$ 3.007,80.
O FIA é um fundo público que tem como objetivo financiar projetos que atuem na garantia da promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente. Os recursos são aplicados exclusivamente nesta área com monitoramento do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente – CEDCA.
Os contribuintes do Imposto de Renda podem fazer doações para o FIA e deduzir no IR devido na Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda. Tanto pessoas físicas, quanto jurídicas podem contribuir. Normalmente, o contribuinte escolhe a instituição que ele quer que receba o benefício, porém, 10% do recurso fica retido no fundo para ser destinado a outros projetos ou entidades.
Segundo Márcio Abreu, Gestor de Convênios e Prestação de Contas, a destinação normalmente se concentra no final do exercício, nos meses de novembro e dezembro. Mas neste ano tem uma novidade. “Agora, a destinação também pode ser feita no início do exercício, com destinação de janeiro a abril. Com isso, a doação pode ser feita dentro do ano do repasse”, destacou.
Para inscrição de projetos, os interessados devem ficar atentos ao calendário do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. “Todo processo passa pelo conselho e precisa de sua aprovação”, ressaltou.
Agora, após a publicação feita no diário oficial da união, serão realizados tramites internos e os recursos devem ser repassados às instituições nos próximos dias.

Fonte: NOTÍCIAS

Junte-se ao Nosso Canal No Telegram - -
Junte ao nosso canal no Telegram e participe de todas a publicações em primeira mão -- 1243325

Clique Aqui e Participe Já



Os artigos aqui publicados foram recolhidos pela internet com referência as suas devidas fontes no campo (Fonte) e tem sua responsablidade de seus criadores, caso você se sinta ofendido ou queira a remoção de alguma informação favor entrar em contato conosco aqui



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mude para versão para dispositivos móveis deste site