Prefeitura intensifica fiscalização para evitar avanço da covid-19

[ad_1]

Medidas ganham reforço nesta sexta-feira (4) e serão realizadas pela Guarda Civil Municipal e pela Vigilância Sanitária

A partir desta sexta-feira (4), a Prefeitura de Santa Luzia começa a intensificar a fiscalização de estabelecimentos comerciais, bares e restaurantes da cidade para garantir que as medidas exigidas no Decreto Municipal 3.686, de 27 de novembro de 2020, sejam cumpridas. A medida tem como objetivo conter o avanço da covid-19 na cidade.

Serão realizadas ações conjuntas entre a Guarda Civil Municipal e a Vigilância Sanitária para garantir que todos cumpram as normas, visando diminuir o contágio pelo novo coronavírus. Também serão retomadas as desinfecções em espaços de uso coletivo e ruas com grande tráfego de pessoas, como a Avenida Brasília e a Rua do Comércio.

De acordo com o decreto, está autorizado o funcionamento diário de bares, restaurantes e estabelecimentos afins, desde que disponham álcool em gel 70% na entrada, mantenham a distância entre as mesas, façam a limpeza periódica e controlem o acesso de clientes. Também determina que espaços assegurem o uso de máscaras para clientes e funcionários, funcionem até às 23h e vendam bebida alcoólica somente entre às 17h de sexta-feira e às 22h de domingo.

Igrejas e templos religiosos devem funcionar com 50% da capacidade, também respeitando o distanciamento e medidas sanitárias de higiene. Já academias, centros de ginástica e estabelecimentos de condicionamento físico devem funcionar com 30% de sua capacidade, readaptando aulas coletivas que só poderão acontecer em locais arejados e evitando o contato entre professores e alunos. Além de garantir todas as medidas de higiene estabelecidas no decreto.

Também está autorizada a realização de feiras livres, desde que sejam usados dispositivos de proteção, feitos de materiais resistentes e de fácil higienização, tenha disponível álcool em gel 70% e sejam mantidos o distanciamento de clientes e todas as medidas sanitárias defendidas pelos órgãos de saúde.

O decreto mantém fechado apenas casas de shows, boates, danceterias, salões de dança, casas de festas e teatros, proíbe exposições, congressos e seminários, e eventos públicos e autoriza a realização de eventos no estilo drive-in, seguindo normas sanitárias relacionadas no documento.

Essa intensificação se faz necessária visto que há um aumento persistente no número de casos da doença em todo o Estado. Mesmo com uma ampliação no número de leitos específicos para covid-19 disponíveis na cidade, é necessário que a população mantenha os cuidados para evitar o contágio pela doença, que pode ser fatal.


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia