Prefeitura promove ação preventiva no bairro Córrego Frio

[ad_1]

Medida foi tomada depois de confirmação da presença de bactéria causadora da Febre Maculosa

Na manhã deste sábado (21), equipes da Coordenadoria de Controle em Zoonoses, vinculada à Secretaria Municipal de Saúde, realizaram um trabalho de borrifação e orientação em residências do bairro Córrego Frio, onde nesta semana foi confirmada a presença da bactéria Rickettsia rickettsii – causadora da Febre Maculosa. A análise foi feita em um carrapato depois do registro de um caso suspeito na região.

Durante toda a manhã, a veterinária Viviane Moreira e os agentes de combate à endemias visitavam as casas próximas ao local onde foi encontrado o foco transmissor para  fazer o trabalho de desinfecção e orientar os moradores sobre as medidas a serem tomadas para evitar a doença.

“Assim que tivemos a confirmação da presença da bactéria traçamos as ações a serem desenvolvidas aqui na localidade. Hoje estamos orientando os moradores sobre os cuidados que devem ser tomados no dia a dia, tanto com animais domésticos quanto com equinos e estamos fazendo a borrifição, principalmente nas casas mais próximas de onde encontramos o carrapato positivo”, explica.

Segundo a veterinária, os moradores também estão sendo orientados para o caso de serem picados por algum carrapato. “Eles devem observar os sintomas dentro do período de 14 dias. Se apresentarem febre, dor de cabeça e manchas pelo corpo devem procurar imediatamente uma unidade de saúde, informar sobre a picada e que residem em uma área onde foi confirmada a presença da bactéria”, informa.

Receptiva, a população aprovou a iniciativa. A recuperadora de crédito, Renata do Nascimento Alves mora ao lado da casa onde o carrapato foi encontrado. “É importantíssimo. Vemos no noticiário que essa doença vem causado até morte, então tem que ser feito sim”, acredita.

Todo esse cuidado é importante, pois a Febre Maculosa é uma doença de rápida evolução e que pode levar à morte. Os sintomas são bem parecidos com uma infecção comum, sendo eles: febre alta, dor no corpo, dor de cabeça, inapetência e desânimo.

Se, por acaso, residir ou visitar uma área em que possam existir foco da doença, tome as seguintes precauções:

– Examine seu corpo cuidadosamente a cada três horas pelo menos, porque o carrapato-estrela transmite a bactéria responsável pela doença só depois de pelo menos quatro horas grudado na pele;

– Use roupas claras porque facilitam enxergar melhor os carrapatos;

– Coloque a barra das calças dentro das meias e calce botas de cano mais alto nas áreas que possam estar infestadas por carrapatos;

– Tenha cuidado ao retirar o carrapato que estiver grudado em sua pele;

– Não se esqueça de que os sintomas iniciais da febre maculosa são semelhantes aos de outras infecções e requerem assistência médica imediata. Esteja atento ao aparecimento dos sintomas comuns a vários tipos de infecção e procure um médico para diagnóstico diferencial.


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia