Prefeitura registra Boletim de Ocorrência e solicita a Polícia Civil e secretarias municipais de Meio Ambiente e Saúde que recolham lama em locais atingidos para análise

[ad_1]

Principal preocupação é com eventuais metais pesados, como mercúrio e minério, que podem gerar riscos para a saúde

O Prefeito Delegado Christiano Xavier se reuniu na tarde desta terça-feira (28) com os secretários de Saúde e Meio Ambiente para traçar estratégias de recolhimento de amostras da lama em locais atingidos pelas enchentes para que possam ser encaminhadas para análise. A principal preocupação do Executivo são os riscos que metais pesados como mercúrio e minério podem gerar à saúde da população. Na manhã de hoje, o Prefeito foi até a Delegacia da Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrência, solicitando uma análise para verificar a possibilidade de contaminação da lama, em razão da existência de um porto seco na cidade.


A partir dessa quarta-feira (29), geólogos, engenheiros ambientais, técnicos ambientais e profissionais da vigilância em saúde devem visitar os bairros mais afetados para recolher o material. Os principais pontos são os bairros Vila Íris, Pantanal, Córrego Frio, Moreira, Morada do Rio e a Rua do Comércio.
“É uma medida preventiva e de preocupação com a saúde da população, mas não é preciso que as pessoas se alarmem. Já vem sendo feito um trabalho de busca ativa pela Secretaria de Saúde, e as orientações estão sendo feitas à população”, destacou o chefe do Executivo, que solicitou urgência no recolhimento das amostras, devido ao grande aparato de limpeza que já vem sendo desempenhado na cidade.


O Prefeito Delegado Christiano Xavier também solicitou urgência na Delegacia para verificação de eventual crime ambiental. Um Inquérito Policial foi instaurado para apurar o caso.

Acompanhe também as nossas redes sociais:


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia