Projeto Empreender Sem Complicação registra 1ª MEI – Microempresa Individual através do novo formato de licenciamento digital

[ad_1]

“Entrou pessoa física e saiu pessoa jurídica”, foram as palavras com as quais o secretário municipal do Desenvolvimento Econômico de Santa Luzia, Leandro Luiz Santos, comemorou o resultado do registro da microempresa individual (MEI) de Pedro Brandão, um rapaz que aos 29 anos pretende dedicar-se ao ramo de assessoria administrativa.

A alegria deveu-se ao fato de que Pedro é o primeiro microempresário individual a obter o registro de sua microempresa, composto por número de inscrição Municipal, Alvará de Funcionamento e já poderá emitir nota fiscal, através do novo sistema implantado pela secretaria de Desenvolvimento Econômico, que visa a desburocratização, através do qual o interessado consegue fazer o seu registro de MEI de forma prática e rápida.

Ele fez todo o procedimento online, em poucos minutos, com a assistência do pessoal da Sala Mineira do Empreendedor, localizada na própria secretaria, na qual compareceu na manhã da sexta-feira (30). “Estou muito surpreso, positivamente”, disse Pedro, que concluiu: “Foi bem rápido, bem mais do que havia imaginado. Fui muito bem atendido e não precisei ficar indo e voltando”.

Até então, para o MEI emitir nota fiscal o procedimento costumava tomar mais de duas semanas do tempo dos futuros microempresários. A nova forma expressa de registrar microempresários é uma das vertentes do projeto “Empreender sem Complicação”, o qual por sua vez faz parte do plano de governo do prefeito Delegado Christiano Xavier, que visa desburocratizar, simplificar e fomentar o empreendedorismo na cidade, ajudando a melhorar o ambiente de negócios em Santa Luzia.

“Foi identificado que o processo estava muito burocrático, desestimulando o empreendedor que em muitas das vezes procurava outro município. Com o novo formato de registro de MEI, facilitamos totalmente o processo de gerar a Inscrição Municipal e emissão de nota fiscal em um dia”. Disse o coordenador da Sala Mineira de Santa Luzia, Diego Ramos.


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia