Santa Luzia avança no projeto para a instalação de muros ecológicos nas escolas municipais

[ad_1]

Foi realizada na manhã da segunda-feira (01), a pedido do Prefeito Delegado Christiano Xavier, uma reunião com o secretário de Educação, Ermelindo Martins Caetano, a assessora pedagógica Cleusa Aparecida Santos, o coordenador de projetos Jonatan Pierry e os gestores escolares das escolas municipais para se iniciar o Projeto “Muro Ecológico”, que faz parte do Programa Santa Luzia Sustentável.

A proposta-piloto consiste na instalação de equipamentos de suporte ao serviço de coleta seletiva solidária de materiais recicláveis (papel, plástico, metal, pet dentre outros) nas escolas do município e na capacitação de agentes ambientais (alunos, professores, catadores de material reciclável, técnicos da prefeitura e sociedade em geral). Esses equipamentos já são realidade em alguns municípios de Minas Gerais e do Brasil e auxiliam na promoção da educação ambiental na comunidade escolar, além de possibilitar uma melhor interação da sociedade com a escola e o aumento da geração de renda para os catadores de material reciclável.

Foram realizadas pesquisas para a seleção de algumas escolas municipais com as condições adequadas para a instalação dos equipamentos. Basicamente, para a instalação são necessários espaço físico suficiente e muros voltados para a rua com fácil acesso à população.

Posteriormente será feita uma capacitação para o corpo técnico de cada escola que receber o equipamento, trabalho de arte e graffite (poderá ser feito concurso para a criação da arte de cada muro), confecção e instalação dos equipamentos, mobilização da comunidade escolar e sociedade do entorno da escola, coleta e destinação ambientalmente adequada do material reciclável depositado – preferencialmente aos catadores de material reciclável que atuam nas proximidades ou à Associação de Catadores de Material Reciclável, quando esta for criada.

Inicialmente serão indicadas cinco escolas municipais que apresentam condições adequadas à instalação dos equipamentos, as Escolas Municipais: Santa Luzia, Edwar Lima, Sueli Lima de Melo, Maria José de Brito Carvalho e Maria das Graças Teixeira Braga.

O projeto visa fomentar a atividade dos catadores de material reciclável, garantindo-lhes a possibilidade de geração e fortalecimento da renda além da inclusão no serviço de coleta seletiva, quando esse for implementado. Além disso, constitui uma importante ferramenta para a educação ambiental, uma vez que poderá servir de exemplo prático para discussões relacionadas aos temas de reciclagem, coleta seletiva e inclusão social dentro do ambiente escolar.


[ad_2]
Fonte: -> Fonte Desta Notícia